Modelos geológicos

Modelo geológico de litologias estratiformes contendo dobras e falhas

Com a nova e poderosa tecnologia do Leapfrog Geo, você consegue desenvolver modelos geológicos intertravados de forma extremamente rápida. Os modelos Leapfrog Geo alavancam uma tabela central de cronologia e um sistema de falhas, oferecendo flexibilidade para ajustar parâmetros geológicos e testar novas hipóteses como nunca antes.

Deposições

Modele, com facilidade, superfícies de contato deposicionais diretamente a partir de dados de furos de sondagem e de outras fontes. Classifique as unidades geológicas nos lados mais jovens e mais antigos da superfície de contato para determinar as unidades de saída. Edite diretamente na superfície para que você tenha um controle fino da forma.

Modelagem avançada de veios

Modele, com facilidade, grandes redes de veios, ou qualquer unidade geológica delgada, que se dobram, se curvam ou se ramificam de um para outro. Exporte superfícies de capa e lapa de forma separada. Modele com espessuras mínimas e máximas. Gere domínios geológicos realísticos que se acunham em segmentos excluídos.

Sequências Estratigráficas

Monte, rapidamente, sequências estratigráficas de camadas deposicionais conformes. O algoritmo interno do Leapfrog, que se adequa perfeitamente para a modelagem de depósitos de ferro bandado e camadas de carvão, gera modelos realísticos a partir de uma variedade de fontes de dados, dentro de um modelo que contém falhas.

Intrusões

Desenvolva, com facilidade, superfícies de contato de intrusões diretamente de dados de sondagem. O processo de compositagem específica ao contexto permite que os usuários controlem o manuseio de pequenos segmentos para cada unidade intrusiva.  Aplique uma anisotropia global, e outros ajustes estruturais e de polilinha, para refinar os dados de saída.

Erosões

Modele superfícies de erosão a partir de uma grande variedade de fontes de dados. Classifique a direção de younging e as unidades geológicas para controlar a forma com que a superfície contribui para o modelo para determinar as unidades de dados de saída.

Cronologia

Controle, facilmente, a geração de unidades geológicas de saída por meio da cronologia central de superfície. Configure a sequência geológica para determinar a maneira com que o Leapfrog Geo monta o modelo em unidades lógicas. Copie um modelo e experimente uma nova sequência para testar outra hipótese.

Falhamento

Construa superfícies de falha diretamente a partir de dados de GIS, meshes de dados estruturais, contatos de perfuração ou polilinhas. Ajuste a cronologia das falhas e configure as interações das mesmas. Insira, em seguida, o sistema de falhas inteiro no modelo. À medida que novos dados se tornam disponíveis e interpretações vão evoluindo, troque o mesh de dados de entrada de falhas por outro mesh, como, por exemplo, pontos, polilinhas, etc.

Modelos refinados

Divida e controle a sua geologia ao criar um submodelo mais refinado e complexo dentro do seu modelo geológico. Integre vários domínios complexos.

Dados de Saída

Junte todos os dados de entrada de superfície, cronologia e falhamento para gerar unidades de dados de saída. Exporte e aplique dados de saída em outros modelos ou em aplicativos de terceiros.

Modelos combinados

Combine vários modelos geológicos, ou de interpoladores, e defina a hierarquia de acordo com a qual eles irão se intersectar. Auxilia na realização de comparações, ou no cálculo de volumes, em relação a vários modelos.

Modelos estáticos

Congele um modelo no tempo em um determinado momento. Modelos estáticos não são processados novamente quando os dados de perfuração ou outros dados de entrada se alteram.

Modelos de sub-blocos

Construa modelos de blocos diretamente a partir de modelos Leapfrog e exporte esses modelos em formatos amplamente aceitos, como, por exemplo, Datamine e CSV.

Mais informações

Experimente você mesmo o Leapfrog Geo

Experimente Leapfrog Geo você mesmo

Experimente Leapfrog GeoContate-nos

Vídeos do Leapfrog Geo

Assista aos nossos vídeos